Domingo, 15 de Agosto de 2010

A Farsa da Revolução Tecnoeletrodomestilógica - O Movimento

Num quarto ouviam–se tiros; no outro, lágrimas; no outro, "I'll say you what I want, what I really want..." – hm, muito retrô. Correção: num quarto metralhadoras, no outro metralhadoras – jornalismo verdade, é como batizam, vai entender – no outro "Eu já cantei uô-uô e também yeah-yeah". A metralhadora – de videogame, as lágrimas ao som de metralhadoras – revelam a identificação de uma mulher desesperada com mais um programa desesperador qualquer, a música – só para não enfatizar um clima tão melancólico e mortificante.
Um silêncio esmagador. Uma escuridão tanto quanto esmagadora. Um soluço – só as lágrimas continuaram. Pensem na voz mais patética, aguda e irritadiça: "Ô mãe, acabou a luz?!". A resposta se limitou na atitude do próprio gurizinho sardento apertar freneticamente o interruptor. É, falta de luz. Quanto tempo? Só o tempo dirá. E então um mundo incomunicável, sombrio até, mas tranquilo. Quinze minutos: nada. Meia hora, duas horas... Nada. Melhor dormir.

*****

Nunca houvera sono tão profundo e bem aproveitado. Todos dormiram no mínimo dez horas. O menino dormiu tão aparentemente suave que parecia confortado em nuvem de algodão. A menina, tão raramente flagrada em tão serena forma, angelical até, arriscaria dizer. A mulher pareceu descansar por todas as noites que passara em claro sofrendo, chorando.
O saquinho de batatas sardento sorria e se espreguiçava. "Maaaa..mãe...", sussurrou de olhos semi-abertos. Quando os abriu foi surpreendido por... – não, não, só engano. A impressão foi de que a tevê estivesse o fitando. Bobeira. Saltitante foi até a porta, mas seus pézinhos gordinhos estavam sendo observados. Virando repentinamente para a tevê flagrou aqueles dois imensos olhos vermelhos, pixel por pixel, conhecia-os muito bem. Inimigo quase-imbatível de seu jogo favorito e centralizadas as palavras: "Game over". Significa isto que a energia voltou, certo? Pressionou o botão power do videogame e ia enfim se retirando do quarto quando, sabe-se lá como – visão periférica possivelmente –, a tomada estava vazia. Nenhum fio conectado. Inconformado, foi verificar de perto – pobre tolo. Um fio de paradeiro duvidoso deu-lhe um golpe e rapidamente ele estava caído inconsciente no chão.
– O último, chefe?
– O último. Daremos sequência a nossa reunião.

*****

 Uma fila desfilava e rebolavam – na frente algumas fitas, talvez todos os clássicos WaltDisney e alguns vídeos caseiros; a seguir uma imensidão de Cd's e Dvd's, alguns piratas, alguns com a etiqueta amarela de liquidação, outros tantos de trilhas de novelas; então aparelhos menores como velhos radinhos de pilha (aqueles AM/FM com lanterna na ponta), aparelhos de Mp3, Mp4 e Mp(incógnita); celulares, desde os tijolões até os touchscreen; desengonçadamente um computador andava com suas peças cambaleando mas foi ultrapassado pelo notebook; televisores, muitos televisores, até o de catorze polegadas preto e branco que andava abandonado no sótom; pof fim um batalhão de utilidades domésticas (fogão, geladeira, microondas, aspirador de pó), o microsystem e o home theater e enfim o pelotão de controles remotos (todos os tamanhos e botões de todas as cores – imagináveis e inimagináveis).
Estava armada e declarada a guerra.

 

em tags:

por Dani Takase às 02:30
permalink | comentários | +fav

últimas fugas

OEDIPOUS

m.

coletânea de palavras sem...

Sé dulce, Septiembre

No porta-malas

Fortaleza

Solilóquios II - O Margin...

Maio 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


a farsante


descubra.

. 2 seguidores

toda a farsa:

Maio 2013

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

_

toda a farsa:

Maio 2013

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

pesquisar no em fuga -

 

~

(

RSS

_

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

?

we♥it